Aldo Martinez opina sobre contratação de serviços por aplicativos

18/04/2017 - Trabalhista

A edição desse mês da revista Você RH discute a possibilidade de vínculo empregatício dos trabalhadores de empresas que prestam serviços através de aplicativos, como o Uber. Aldo Martinez contribuiu com o debate e defendeu que os trabalhadores em plataformas possuem autonomia e por isso não são empregados.

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.

Voltar